Paróquia São José

Criada em 1934

Pároco: Pe. Clodoaldo Carvalho da Silva

Rua Padre J. Vasconcelos, 82 Ubajara, CE

(88) 3634-1235

paroquiadeubajara@yahoo.com.br

Terça, Quarta, Quinta e Sexta às 18h30
Sábado às 19h00
Domingo às 7h00, 9h00 e 19h00

Ubajara foi primitivamente habitado por várias tribos indígenas. Somente nos meados do século XIX, foi que algumas poucas famílias, atraídas pela exuberância das terras Ibiapabanas, ali fixaram residência.
Com a vinda dessas famílias, deu-se a formação do primeiro arraial, denominado “Jacaré”, que ficava localizado às margens do riacho do mesmo nome.
As terras do arraial foram doadas pelos senhores José Rufino Pereira, José Lopes Freire e Joaquim Mulato. Os dois primeiros fizeram a doação de cem braças de terra para a construção de uma capelinha em Homenagem a São José. Isto se deu em 1886 e, logo depois, em 1887, o então vigário de Ibiapina, Pe. Manoel de Lima Araújo
fez a benção da Igreja.
No dia 22 de novembro de 1935, Dom José Tupinambá da Frota decreta oficialmente a criação da Paróquia de São José de Ubajara, desmembrada de Ibiapina e Tianguá. Seu primeiro pároco foi Pe. Inácio Nogueira Magalhães.
Por portaria de Dom José, datada de 31 de maio de 1939, foi nomeado como segundo vigário de Ubajara, o Rvmo. Pe. Otacílio Alves Ferreira, que tomou posse no dia 18 de julho do mesmo ano. Um ano depois iniciou os trabalhos de reforma da Igreja Matriz.
Sucedeu ao Pe. Otalício, o Rvmo. Pe. Domingos Gusmão Sabóia. No dia 12 de dezembro, houve a benção solene da Matriz por Dom José Tupinambá da Frota. Pe. Domingos deixou a Paróquia no dia 28 de janeiro de 1951. No mesmo dia toma posse o Revmo. Pe. Moacir Melo Cavalcante. No dia 28 de dezembro 1959 chega a Ubajara companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, que fundam o Instituto Nossa Senhora de Fátima.
Em 1º de maio 1960 assumiu a Paróquia Pe. Francisco Tarcísio Melo. Com a chegada de Dom Javier, o mesmo foi nomeado Vigário Geral no dia 12 de agosto de 1991.
Atualmente a Paróquia está sendo administrada pelo Pe. Lusmar Sousa Fontenele, com o auxilio do Mons. Francisco Tarcísio Melo.