Assembleias

1ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Bitupitá

DATA: 20 a 22 de março de 1972
– 40 participantes;
– Toma como referência o Plano de Pastoral Orgânica da CNBB;
– Houve uma sondagem da realidade e definição de linhas gerais para o trabalho pastoral nos anos de 1972-1973;

Prioridades: – Evangelização e Promoção Humana; – Catequese e Liturgia; – Unidade e Ecumenismo;

2ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 08 a 10 de fevereiro de 1973
-48 participantes;
– Avaliação do planejamento elaborado em Bitupitá;

– Há uma insistência em: – Formação e capacitação de agentes de pastoral; – Articulação dos Conselhos Paroquiais; – Renovação do Conselho Diocesano de Pastoral; – Leitura dos documentos do Conc. Vaticano II;

3ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 29 a 31 de julho de 1974
– 66 participantes;

NOVOS COMPROMISSOS DENTRO DAS MESMAS PRIORIDADES: – Evangelização e Promoção Humana; – Catequese e Liturgia – Unidade e Ecumenismo

4ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 05 a 07 de julho de 1976
-73 participantes;

OBJETIVO: “Fazer um diagnóstico da diocese ao longo dos últimos 05 anos de sua existência e refazer o planejamento diocesano à luz das diretrizes da CNBB e da exortação “Evangelii Nuntiandi” – Papa Paulo VI.

COMPROMISSOS: – Unidade visível; – Ação Missionária; – Liturgia; – Ação ecumênica e diálogo religioso; – Presença da Igreja no mundo;

5ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Bitupitá

DATA: 29 e 30 de setembro de 1978
– 75 participantes

TEMAS:
– Análise aprofundada sobre as CEB‟s, com vistas à III CELAM – Puebla;
– Pastoral dos Sacramentos;

6ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 27 a 29 de julho de 1982
-Mais de 100 participantes;

TEMAS:
– Pastoral da Terra
– CEB‟s
– Pastoral Urbana
– Pastoral Familiar
– Pastoral da Juventude
– Pastoral dos Sacramentos
– Educação Política

7ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 25 a 28 de julho de 1984
-Revisão das últimas assembleias e apresentação das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil através de um texto simplificado para a elaboração do objetivo geral da diocese;
– Foi uma assembleia polêmica;

Objetivo Geral: “Evangelização concretizada na Opção Preferencial pelos Pobres, em busca da Unidade Pastoral”.

8ª ASSEMBLEIA DIOCESANA  – LOCAL: Tianguá

DATA: Novembro de 1985;

OBJETIVO: “Fazer uma avaliação do 1º quinquênio vivido pelo Regional NE I e o apoio oferecido pela pastoral diocesana para corresponder às propostas do regional”.

Tema: CATEQUESE RENOVADA

9ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 19 a 22 de agosto de 1986
– Celebrava os 15 anos da diocese;

TEMA: “FORMAÇÃO DE AGENTES DE PASTORAL, NA LINHA DA CATEQUESE RENOVADA, COM VISTAS A UMA IGREJA PARTICIPATIVA”

CONCLUSÕES: – Necessidade de preparação de agentes de pastoral; – Oferecer recursos que assegurem uma melhor formação religiosa, social e política dos agentes; – Escolher agentes comprometidos com a Igreja; – Melhor conhecimento dos documentos da Igreja; – Engajamento dos agentes numa evangelização libertadora; – Constituir uma Equipe de Formação dos Agentes de Pastoral;

10ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: TIANGUÁ

DATA: 05 a 07 de julho de 1988
-Avaliação do tema da última assembleia; Com a morte de D. Timóteo em 1990, inicia-se o período de transição – mudança de bispo; Já na primeira reunião do clero em julho de 1991, foram solicitadas ao novo bispo, as seguintes metas mais urgentes:
-Abertura do Seminário Menor Propedêutico (1992)
-Preparação de uma Assembleia Diocesana (1992)
-Constituição de alguns organismos de comunhão: Colégio de Consultores, de Presbíteros e Conselho Administrativo;
-Reorganização da Cúria Diocesana;

11ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 06 a 08 de novembro de 1992
-42 participantes;
– Programada pela chamada “Comissão Ampliada” com representantes das pastorais organizadas da diocese;
– Teve caráter avaliativo; PRIORIDADES:
-Formação Permanente de Agentes
– Estruturar a Pastoral de Conjunto;
– Pastoral da Comunicação Social;

12ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 12 a 14 de novembro de 1993
-110 participantes;
– Visou a elaboração de um verdadeiro planejamento;
– Começou nas bases com questionários simples – VER
– A participação foi excelente;
– Elaborou-se o Objetivo Geral;

PRIORIDADES PARA O PRÓXIMO TRIÊNIO: – Pastoral Familiar – Formação de Agentes de Pastoral – Pastoral de Juventude

13ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 18 A 20 DE NOVEMBRO DE 1994
-63 participantes;
– Avaliação e apresentação de projetos concretos que consolidem a Pastoral de Conjunto: – Divisão da Diocese em três regiões pastorais; – Descentralizar as Paróquias em setores; – Criação das áreas missionárias nos setores maiores; – Formação do Conselho Diocesano de Pastoral; – Formação dos Conselhos Paroquiais de Pastoral; – Formação dos Conselhos Comunitários nas CEB‟s;

14ª ASSEMBLEIA DIOCESANA  – LOCAL: Tianguá

DATA: 08 a 10 de novembro de 1996
-71 participantes;
– Objetivo: AVALIAR A CAMINHADA DO TRIÊNIO (1993-1996)
– Início da elaboração do anteprojeto de Evangelização Rumo ao Novo Milênio;
– Foi elaborado um questionário, baseado nas quatro exigências da Evangelização, como aparecem no Plano da CNBB: Testemunho, Serviço, Diálogo e Anúncio;

15ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 07 a 09 de março de 1997
-90 participantes;
– OBJETIVO: “CONSTRUIR O PLANO DIOCESANO DE EVANGELIZAÇÃO RUMO AO NOVO MILÊNIO”.
– Os projetos aprovados na assembleia foram enquadrados no esquema das quatro exigências fundamentais da evangelização: TESTEMUNHO, SERVIÇO, DIÁLOGO E ANÚNCIO;

16ª ASSEMBLEIA DIOCESANA  – LOCAL: Tianguá

DATA: 03 a 05 de dezembro de 1999
-98 participantes;
– TEMA: “O PROTAGONISMO DOS LEIGOS E DAS LEIGAS NA EVANGELIZAÇÃO DO NOVO MILÊNIO”.

PRIORIDADES: – Formação Permanente; – Pastoral Familiar; – Pastoral do Dízimo;

17ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 09 de novembro de 2001
-98 participantes;
– Teve caráter avaliativo; Foram elencados novos projetos: – Escolas de Formação nas Paróquias – Restaurar a Equipe Diocesana e Criar Núcleos nas Paróquias; – Criar a Equipe Diocesana do Dízimo;

18ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 14 a 16 de novembro de 2003
-Assembleia de planejamento;
– TEMA: EVANGELIZAR A CIDADE PRIORIDADES: – Dimensão Missionária e Evangelizadora; – Formação integral para leigos/as; – Formação de comunidades eclesiais menores nas cidades; – Dimensão sócio-política e transformadora;

DESTAQUES: – Dízimo – Pastoral da Comunicação

19ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 04 a 06 de novembro de 2005
-89 participantes;
– Teve um caráter avaliativo;

PROJETOS: – Ministério da Visitação; – Escolas da Fé e Comissão Diocesana de Formação de Adultos; – Pólos de Evangelização; – Conscientização Política;

20ª ASSEMBLEIA DIOCESANA – LOCAL: Tianguá

DATA: 09 a 11 de novembro de 2007
-Assembleia avaliativa das diretrizes de 2003 e Planejamento para o próximo quadriênio (2008-2011)

PRIORIDADES: – Formação; – Dimensão Missionária; – Promoção da Vida;

21ª ASSEMBLEIA DIOCESANA DO POVO DE DEUS – LOCAL: Tianguá

DATA: 25 a 27 de novembro de 2011 (Celebrativa – 40 anos de diocese)

PRIORIDADES ASSUMIDAS: – Formação Missionária; – Catequese Permanente com adultos; – Animação Bíblica da Pastoral; – Pastoral Vocacional para os serviços e ministérios; – Promoção Humana nas Paróquias e CEB’s;

PROJETOS: – Criar Núcleos de Iniciação Cristã (CATEQUESE) – Escola Missionária (COMIDI) – Criar subsídios para os círculos bíblicos (COMISSÃO DIOCESANA DE ANIMAÇÃO BÍBLICA) – Pastoral Vocacional (EQUIPE DIOCESANA DE VOCAÇÕES E MINISTÉRIOS) – Pastoral Social com ações proféticas (PASTORAL SOCIAL).

22ª ASSEMBLEIA DIOCESANA DO POVO DE DEUS – LOCAL: Ubajara

DATA: 06 a 08 de novembro de 2015

PRIORIDADES ASSUMIDAS: Igreja em Estado Permanente de Missão, Igreja: Casa de Iniciação à vida Cristã, Igreja: Lugar de Animação Bíblica da vida e da pastoral, Igreja: Comunidade de Comunidades e Igreja a serviço da vida plena para todos.

PROJETOS: Criar e fortalecer os COMIPA’s;  criar e fortalecer a Infância, Adolescência e Juventude Missionárias; continuação do processo de implantação dos Núcleos de Iniciação Cristã nas paróquias, áreas missionárias e pastorais, priorizando a formação de catequistas; Iniciação à vida cristã para pais e padrinhos de batismo; criar Escola Bíblica Diocesana; fortalecer o trabalho das Equipes Vocacionais Paroquiais na perspectiva dos vários carismas, serviços e ministérios; formação continuada para ministérios laicais; criação da Comissão Diocesana de Articulação das Pastorais Sociais; projetos sociais promovidos pela Igreja para prevenção ao uso de drogas e resgate de dependentes químicos.