Carta do Papa Francisco a D. Francisco Javier

JUBILEU DE ORDENAÇÃO PRESBITERAL

Ao venerável irmão

FRANCISCO JAVIER HERNÁNDEZ ARNEDO, O.A.R.

Bispo Diocesano de Tianguá

A ti, Venerável irmão, copiosamente abençoado por Deus, que no mês de julho celebrarás o jubileu de ordenação presbiteral, escreveu com alegria esta carta na qual expressamos os nossos mais festivos parabéns e manifestamos a fraterna comunhão que contigo partilhamos no ministério episcopal.

Depois de realizado plenamente o ministério pastoral com zelo e dedicação, aproveitamos essa data para nos alegrar contigo pelos muitos e exitosos trabalhos na evangelização, principalmente, o fecundo pastoreio junto ao povo que hoje recordas.

Nascestes na Espanha. Quando sentiste o chamado ao serviço de Deus e dos homens, ingressastes na ordem dos Agostinianos  Recoletos. Concluídos os estudos nos seminários da ordem, foste estudar em Roma no Instituto Superior Santo Tomás de Aquino, onde cursaste teologia e no Instituto Alfonsionano recebeste o título de mestre em Teologia Moral. Realizada a profissão solene, foste ordenado presbítero.

 No ano de 1991 o papa João Paulo II, nosso antecessor, te nomeou (reconhecendo suas capacidades e os seus dons, bem como o teu preparo no campo teológico-pastoral) te nomeou bispo da diocese de Tianguá, onde até hoje continuas zelosamente o ministério.

 Na dedicação pastoral, sempre aberto aos apelos de Deus e animado pelo espirito missionário, seguiste as orientações do Magistério da Igreja e te esforças para que os fieis a ti confiados fossem solícitos na caridade, alegre na esperança e firmemente alicerçados na fé, zelosos também na participação na mesa do pão da eucaristia e da palavra de Deus “pela qual tudo foi feito” (GS, 38).

Recolhendo os frutos de tão rico do ministério presbiteral, venerável irmão, rodeado por numeroso grupo de presbíteros e do povo de Deus, alegra-te em Deus que te cumulou de tantos dons, e hoje entoas esse hino de louvor: “Minha alma bendiz o Senhor… Quero cantar ao Senhor enquanto eu viver” (Salmo 104, 1.33).

É do nosso conhecimento todo o trabalho que realizastes, e como sucessor de Pedro e vigário de Cristo, neste dia festivo, nos alegramos e fazemos votos de muitos anos de animado pastoreio, e oferecemos as nossas preces ao Bom Pastor, sob o olhar de Nossa Senhora Aparecida, Mãe Celestial e rainha, pedindo forças e dons e anos cheios de alegria, consolo e paz.

Partilhando contigo essa comunicação, prezado irmão, compartilhamos contigo a benção apostólica, pedindo-te preces e orações pelo nosso ministério petrino.

Estejam sempre contigo e com os caríssimos  filhos do Brasil, os dons do Espírito Santo para que preencham vossos corações com a caridade divina (cf. Rm 5,5).

Dado e passado, na secretaria vaticana, no dia 16 de junho do ano de 2015. No terceiro ano do nosso Pontificado.

Francisco

(Papa)

 

Liturgia Diária

Evangelho: 4ª feira da 2ª Semana do Advento

Santo: Santa Luzia

Mensagem do Bispo

Uma Igreja Viva e Ministerial