Ao contemplar as faces de exclusão na sociedade brasileira, as Pastorais Sociais…

Chamada Grito (2)

 

22° Grito dos Excluídos(as) – Diocese de Tianguá

Ao contemplar as faces de exclusão na sociedade brasileira, as Pastorais Sociais se organizam a cada ano para realizar um ato que denuncie as situações excludentes e celebre junto aos filhos e filhas de Deus sua luta e resistência nas praças, bairros, escolas, igrejas e comunidades rurais e urbanas.

Em 2016, celebramos o 22° Grito dos/as Excluídos/as. Trazemos o lema: “Este sistema é insuportável: exclui, degrada, mata” que nasce de uma afirmação do Papa Francisco durante o II° Encontro Mundial com os Movimentos Populares, ocorrido na Bolívia, em 2015. “Nele, o Papa conclama a promovermos mudanças que transformem este sistema capitalista depredador para uma economia a serviço da vida e dos povos.” (Carta da CNBB em apoio ao 22° Gritos dos/as Excluídos/as).

Nós também somos convocados/as a participar deste momento de luta e (re)afirmar a denúncia de que este sistema é insuportável e excludente, portanto, contrário ao projeto libertador de Jesus de Nazaré que anseia por uma sociedade mais justa e igualitária.

Em nossa Diocese, o Grito dos Excluídos/as será realizado no dia 03 de setembro. Vamos tratar das injustiças que mais se fazem presente na vida do povo, principalmente a crise hídrica que tanto nos assola nos dias atuais.

Participe conosco! Traga seu grito, sua faixa, sua bandeira, seu cartaz!

Programação:

8:00h – Acolhida e mística inicial na Praça do Jacques (Em frente ao mercantil Serve Bem)

08:30h – Saída em caminhada pelas ruas da cidade com falas sobre a nossa situação hídrica

09:30h – Concentração na Praça dos Eucaliptos e encerramento

 

 

 

 

Liturgia Diária

Evangelho: Nossa Senhora Rainha. Memória

Santo: São Filipe Benício

Mensagem do Bispo

Uma Igreja Viva e Ministerial