Celebração de Sagração Episcopal de Dom Edmilson

 

 

 

 

 

Com toda riqueza litúrgica,  dia 22 de abril de 2017, se deu início da solene celebração na qual, pela imposição das mãos do bispo emérito dom Fernando Panico, sob assistência de dom Gilberto Pastana (bispo diocesano) e dom Javier Arnedo (bispo emérito de Tianguá), monsenhor Edimilson Ferreira Neves, natural de Jardim e zeloso sacerdote do clero diocesano de Crato, foi constituído bispo.

Com o padre Carlos Alberto (da Diocese de Tianguá), solicitando ao bispo presidente da celebração (dom Fernando) que ordenasse o bispo eleito (monsenhor Edimilson), deu-se início ao rito com a indicação da nomeação, a leitura da Bula Papal, seguida da homilia. Após este momento, foi invocada a proteção dos santos, através da Ladainha, enquanto o eleito deitava-se ao chão do presbitério. Adiante, o candidato foi ungido com o Óleo do Santo Crisma e o Livro dos Evangelhos posto sobre sua cabeça. Acolhido pelos bispos presentes, a cerimônia prosseguiu com os ritos finais.

 

Este sábado (22), por sua vez, em meio ao júbilo que emana do Cristo Ressuscitado, a Igreja do Ceará viu nascer um novo epíscopo em cerimônia realizada na Igreja Catedral de Nossa Senhora da Penha, na cidade do Crato em rito transcorrido dentro da Santa Missa, propriamente, no pós-Evangelho.  Destacamos também a maciça presente de padres das diversas dioceses do Ceará, seminaristas e leigos.

 

 

Texto: Diocese do Crato

Adaptação: Fellipe Barros

Fotos: Fellipe Barros

 

Liturgia Diária

Evangelho: São Tiago Maior

Santo: São Tiago Maior

Mensagem do Bispo

Uma Igreja Viva e Ministerial